ANTERIOROxford é perfeito para looks boiysh ou girlie PRÓXIMOConheça as vencedoras da promoção Estado com mais fãs Ramarim
9 de setembro de 2011

John Galliano é condenado por racismo e antissemitismo

Na quinta-feira, 8, o estilista John Galliano, ex-designer da Dior, foi condenado por cometer crimes de racismo e antissemitismo em função das declarações que deu, por duas vezes, em um bar de Paris. Ele não vai para a prisão, mas deverá desembolsar 6 mil euros para o pagamento de duas multas.

Entenda o caso:

Em outubro do ano passado John teria ofendido com palavras racistas e antissemitas uma cliente do pub La Perle. Em fevereiro, ele entrou em ação novamente e insultou outros clientes do mesmo bar. O último episódio foi gravado com uma câmera do celular de um dos insultados e o vídeo publicado pelo jornal The Sun (ficou curiosa? Olha aqui: http://www.youtube.com/watch?v=GngFQLo8rIY). O resultado da brincadeira foi a demissão da Dior, depois de 14 anos de trabalho na grife, e duas ações judiciais.

Comente